Cultural
Publicado em 11/07/2016 às 09:49

São Paulo Companhia de Dança volta a Jacareí para dois espetáculos gratuitos

11/07/2016 - 13/07/2016

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), mantida pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, sob direção de Inês Bogéa, volta a Jacareí para apresentar dois espetáculos gratuitos nos dias 15 e 16, às 20h, no EducaMais Jacareí (Av. Davi Lino, 3595, Parque dos Sinos).

Na ocasião, o público poderá conferir três obras: Six Odd Pearls (2016), criação de Richard Siegal para a Companhia; o Grand Pas de Deux de O Corsário, da SPCD a partir do original de 1858 de Marius Petipa (1818-1910); e Suíte para Dois Pianos (1987), de Uwe Scholz, remontada por Giovanni Di Palma.

”Estivemos em Jacareí em 2014 e 2015 e é um privilégio podemos voltar mais uma vez, colocando a SPCD no calendário da cidade. Queremos rever as pessoas que fazem dança e também conhecer mais sobre a produção local”, fala Inês Bogéa, diretora artística da Companhia. “Para nós é uma alegria levar a dança para diversas cidades do Estado de São Paulo e assim democratizar ainda mais o acesso a essa arte”.

SOBRE AS OBRAS – Inspirado pelas composições barrocas de Jean-Phippe Rameau (1683- 1764), o coreógrafo Richard Siegal criou Six Odd Pearls para a SPCD em 2016. É uma coreografia suave, delicada e dinâmica na qual a dança clássica aparece sobreposta a outros acentos, trazendo a ideia de ruptura e desconstrução de padrões. O figurino de Simone Mina e a luz de Gilles Gentner dialogam com a proposta do coreógrafo, utilizando referência do barroco em materiais e desenhos contemporâneos. “É como transpor os séculos. Este é um trabalho que atualiza essa música ao modo do século 21 e não mais do século 18”, fala o coreógrafo.

O Grand Pas de Deux de O Corsário dançado pela SPCD está presente no segundo ato da obra e revela a cumplicidade entre Medora e Ali. Essa coreografia apresenta o virtuosismo técnico dos intérpretes aliado a uma dramaticidade lírica que deixa ver os sentimentos de pessoas que partilham de uma visão de mundo em busca da liberdade.

Em Suíte para dois pianos, o coreógrafo alemão Uwe Scholz (1958-2004) criou movimentos inspirados nas reflexões do artista plástico Wassily Kandinsky (1866-1944) e na música do russo Sergei Rachmaninoff (1873-1943). Quatro obras de Kandinsky podem ser vistas fundo da cena ampliando a relação entre as diferentes artes. Uwe foi um coreógrafo que espelhou na dança a estrutura, as dinâmicas e as intensões da música.

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA
Dias: 15 e 16 de julho (sexta-feira e sábado), às 20h, EducaMais Jacareí
Endereço: Engenheiro Davi Monteiro Lino, 3595 – Jardim Marcondes – Jacareí (SP)
Telefone: (12) 3955-9500
Ingressos: a entrada é gratuita.

Fonte: Diário de Jacareí

Faça um Comentário